Notícias

  • CPI da Covid começa a revelar as mentiras de Bolsonaro, diz líder do PT

    CPI da Covid começa a revelar as mentiras de Bolsonaro, diz líder do PT



    Em pronunciamento na sessão plenária na tarde desta quarta-feira (05), o líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado Tadeu Veneri, afirmou que a CPI da Covid no Senado começou a revelar as inúmeras mentiras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na pandemia do coronavírus, que já resultou em mais de 400 mil mortes no País.

    Veneri disse que ficou chocado com a declaração do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta de que Bolsonaro tentou alterar a bula da Cloroquina para transformá-lo num medicamento recomendado para a cura do coronavírus.

    “Ontem, ao assistir parte do depoimento do ex-ministro da Saúde na CPI da Covid no Senado Federal, ao afirmar que Jair Bolsonaro, no seu afã de fazer a sua verdade, que não passa de uma grande mentira, tentou alterar a bula da cloroquina como um remédio recomendado para a cura da Covid-19 e, sabendo que isso não é verdade, eu fiquei chocado. A declaração de um ex-ministro dizendo que o presidente da República, a mais alta autoridade do país, faz algo que nem uma criança que briga na escola conseguiria fazer, é de extrema gravidade. Bolsonaro tentou alterar a verdade para que a sua mentira passasse a ser verdadeira”, alertou Veneri.

    O deputado ainda lamentou a morte do ator Paulo Gustavo, vítima da Covid-19. Veneri destacou que “o país começa a ficar ainda mais triste” e que “a morte do ator é um marco para todos”.

    “Sabemos que são mais de 400 mil pessoas que já morreram em decorrência da Covid-19. Todas são importantes e faziam parte da vida de alguém. Mas quando vemos uma pessoa que fazia o bem, que transmitia alegria e sempre trazia um astral muito bom para os brasileiros e brasileiras, o país começa a ficar ainda mais triste. Um país desanimado, sem perspectiva, um país onde parece que as pessoas não conseguem ter um olhar otimista para o futuro. A verdade é que quando nós paramos para ver o que acontecendo no país, a morte de um ator como o Paulo Gustavo é um marco para todos nós”.

    O parlamentar também repudiou as declarações de Bolsonaro diante da maior tragédia sanitária ocorrida no país e disse que o depoimento de Mandetta é apenas o primeiro passo para desmontar a fábrica de fakenews da família do presidente da República.

    “Esse é o governo de Jair Bolsonaro. Um governo que propaga mentiras, faz piadas, ironiza e tira sarro das vítimas, como se tudo isso fosse uma brincadeira. Este é apenas o primeiro passo que foi dado no primeiro dia de CPI. Talvez até o fim dos trabalhos da Comissão os filhos de Bolsonaro já não tenham mais Fakenews para fazer, como é o caso da falsa capa do jornal "The New York Times" enaltecendo atos pró-Bolsonaro durante o Dia do Trabalho no Brasil. A mentira pode demorar, mas uma hora ela cai e essa já caiu”, finalizou.


    Liderança da Bancada do PT