Notícias

  • Governistas aprovam “jabuti” derrotando emenda da oposição

    Por 34 votos a 13, o trator governista impediu a aprovação da emenda assinada pelo deputado Tadeu Veneri e outros deputados da bancada de oposição que garantiam a distribuição igualitária dos lucros e resultados entre todos os servidores das empresas públicas do Estado. A emenda da oposição retirava o “jabuti” do governo do texto do projeto 657/2020, mantendo a prorrogação por dois anos do programa Tarifa Rural Noturna.

    O governo do Paraná e seus aliados na Assembleia Legislativa aproveitaram o debate sobre a manutenção do subsídio para o consumo de energia no meio rural para enxertar o item que privilegia os servidores com maiores salários na repartição dos lucros. O governo inseriu no projeto um item que revoga a Lei nº 16.560/2010, que assegurava a divisão igualitária dos lucros. O “jabuti” foi mantido pela bancada governista na segunda votação e a lei que amparava os servidores foi revogada.

    “Esta é uma manobra inconstitucional e as entidades representativas dos trabalhadores do setor público têm todos os instrumentos para questionar essa lei aprovada hoje na Justiça”, afirmou Veneri.