Notícias

  • Veneri pede vistas a projeto que reduz participação dos lucros dos empregados nas estatais do Paraná

    Veneri pede vistas a projeto que reduz participação dos lucros dos empregados nas estatais do Paraná

    Uma manobra do governo do Estado no PL 657/2020 foi denunciada por deputados petistas na sessão remota desta segunda-feira (14). O governo inseriu no projeto que trata do programa da “Tarifa Rural noturna” um item que revoga a Lei nº 16.560/2010, garantindo a divisão igualitária, entre os empregados, do lucro ou resultados das empresas estatais.

    A utilização do “jabuti", como são chamados os dispositivos nos projetos de lei que tratam de assuntos que não têm conexão com o objetivo principal da proposta, foi criticada pelo deputado Tadeu Veneri, que pediu vistas às emendas ao texto na Comissão de Constituição e Justiça, adiando a votação do projeto para esta terça-feira

    “Nós pedimos vistas pra tentar impedir a votação na sessão de hoje. É importante o papel do movimento sindical para questionar a constitucionalidade desta manobra, que é ilegal. O que estamos assistindo é um projeto de aumento dos lucros na Copel para benefício de poucos. A empresa já perdeu a Copel Telecom. Irá vender sua maior usina, a Foz de Areia. Nós estamos nesta briga há muito tempo defendendo o caráter público da empresa e o compromisso de prestar serviço de qualidade e acessível à população. Somos poucos, mas estamos empenhados em barrar esse processo de desmonte de um dos nossos principais patrimônios”, disse o parlamentar.