Notícias

  • Veneri anuncia voto contra congelamento de salários de servidores

    Veneri anuncia voto contra congelamento de salários de servidores

    Temos consciência que a situação está difícil para a maioria das pessoas durante esta pandemia de coronavírus. Mas a mensagem do governador Ratinho Júnior (PSD) à Assembleia Legislativa congelando os salários dos servidores públicos não é razoável. Os servidores são parte da estratégia de fortalecimento do papel do Estado neste momento em que as pessoas mais precisam dos serviços públicos.

    Os investimentos no combate à pandemia não podem sair dos salários daqueles que já vêm amargando perdas há anos. Temos que relembrar que os servidores lutaram muito para ter direito à uma reposição salarial, não é reajuste, de 5,08%, no ano passado. Em janeiro deste ano, o governo pagou 2%. As demais parcelas, de 1,5 estão previstas para janeiro do próximo ano e em janeiro de 2022.

    Ou seja, o governador está cancelado o pagamento das perdas salariais devidas durante o tempo de duração do mandato dele. Não é justo e não cabe a justificativa da pandemia. Existem outras fontes de receita para custear as despesas extras com o combate à doença. Não precisa sair dos salários já defasados dos servidores públicos. Nós vamos votar contra este projeto.

    Clique para ver o projeto: