Notícias

  • Veneri pede diálogo com Secretaria da Saúde para impedir avanço da Covid-19 no sistema penitenciário

    Veneri pede diálogo com Secretaria da Saúde para impedir avanço da Covid-19 no sistema penitenciário


    Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tadeu Veneri (PT) está solicitando uma reunião na Secretaria de Saúde para conversar sobre medidas para conter o alastramento da Covid-19 no sistema penitenciário do Estado. A preocupação de Veneri é com a saúde dos detentos e dos milhares de profissionais da área de segurança, como os policiais penais, que desenvolvem suas atividades nestes estabelecimentos.

    No Paraná, há registros de presos infectados por coronavírus em vários presídios. Os 1150 agentes de carceragem e três mil agentes penais que atuam no Estado estão expostos a riscos de contaminação. Denúncias que chegam à CDHC apontam que muitos trabalhadores estão exercendo suas atividades sem os equipamentos de proteção adequados.

    “É uma situação cruel. Pois nesses locais, não há condições de isolamento ou distanciamento social”, alertou Veneri. Ele pretende promover um diálogo entre os representantes dos sindicatos dos trabalhadores da área e as autoridades de Saúde para verificar a possibilidade de executar um programa de testagem na população carcerária e nos servidores que permitiria o monitoramento da incidência da doença nestes espaços onde o vírus tem um ambiente favorável a um alto grau de disseminação.