Notícias

  • Veneri pede prevenção e tratamento contra epidemia entre vulneráveis

    Veneri pede prevenção e tratamento contra epidemia entre vulneráveis

    Nesta segunda-feira, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Tadeu Veneri (PT) , encaminhou ofícios a diversos órgãos do governo do Paraná pedindo que garantam os direitos de setores que estão entre os mais vulneráveis da populacão às condicões mínimas de saúde e sobrevivência frente à pandemia do novo coronavírus. É o caso dos moradores de rua e dos presos no sistema penitenciário estadual.

    Encaminhados à Casa Civil do governo do Estado, ao complexo Médico Penal do Paraná e à direçao da Penitenciária Estadual de Piraquara para que esclareçam quais as medidas que estão adotando para dar condições de prevenção e tratamento contra o vírus nestas camadas que, naturalmente, estão mais expostos à ação da doença.

    Nas ruas do Paraná vivem muitas pessoas que perderam o emprego e não têm acesso a quase nada que possa assegurar uma vida  com dignidade devida a todos os cidadãos. Em Curitiba, estima-se que 3.500 pessoas estão vivendo em situação de rua neste momento. 

    A precariedade das condições de saúde e higiene também atingem os detentos. Como presidente da Comissão de Direitos Humanos, Veneri está requerendo a adoção de medidas preventivas pelo Sistema de Justiça em relação às unidades prisionais e socioeducativas no Brasil. Estas apresentam grande aglomeração de pessoas em estado de confinamento, o que configura risco de contaminação generalizada dos internos pelo coronavírus e impacta significativamente a segurança e saúde pública de toda a população, para além dos limites internos dos estabelecimentos.

    Clique para ver:

    Ofício 1

    Ofício 2

    Ofício 3