Notícias

  • Greca abandona crianças à própria sorte


    Eleito com a promessa de dar prioridade às crianças no orçamento público, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), está desamparando milhares delas, entre 4 e 5 anos, ao editar um decreto restringindo o atendimento nas creches comunitárias aquelas com idade entre zero e três anos. A crítica foi feita pelo deputado estadual Tadeu Veneri (PT) na sessão desta segunda-feira, 21, na Assembleia Legislativa.

    No novo sistema de Greca, as crianças de quatro e cinco anos deixam de ter direito de acesso ao período integral nos Centros Comunitários de Educação Infantil para serem atendidas em apenas um turno nas escolas da rede municipal de ensino, que sequer tem estrutura para recebê-las. “Justamente, neste período de crise econômica, em que as famílias estão com dificuldades financeiras, agora, ficarão sem ter onde deixar seus filhos. É temerário deixar crianças com esta idade junto com outras mais velhas numa escola, que não estão preparadas para isto”, afirmou o deputado.

    Várias entidades conveniadas com a prefeitura já estão anunciando o fechamento, comprometendo também o atendimento da faixa de zero a três anos. O edital de contratação definido pelo prefeito estabelece condições desfavoráveis para a prestação do serviço, não cobrindo as despesas integrais com o atendimento.