Notícias

  • Chega de chantagem, pede Veneri!

    Chega de chantagem, pede Veneri!

    “Está parecendo chantagem dizer que precisa aumentar impostos para corrigir os salários dos professores, policiais, funcionários da Saúde e dos demais setores do Executivo. Não tente jogar a população contra os servidores, governador”. Assim, o deputado estadual Tadeu Veneri e líder da bancada de Oposição dirigiu-se ao governador Ratinho Junior (PSD), que, aos seis meses de gestão, vai enfrentar a partir desta terça-feira a primeira greve de servidores, que estão sem reposição das perdas salariais desde 2015.

    De acordo com o Fórum das Entidades Sindicais (FES), que reúne sindicatos de diversas categorias do funcionalismo estadual, a defasagem salarial chega a 17%.

    Ao contrário do que disse o governador, em entrevistas, o pagamento das perdas salariais dos servidores do Executivo corresponderia a R$ 700 milhões anuais e não R$ 1 bilhão, calculou Veneri. “Além disso, enquanto os servidores ficaram sem reajuste, os impostos aumentaram todos estes anos, governador. E o número de servidores foi reduzido”, afirmou Veneri, citando que pelo menos dez mil professores contratados no regime PSS foram demitidos no ano passado.

    “A Educação tem menos funcionários do que em 2017. A saúde está planejando recorrer a uma PPP (Parceira Público Privada) para suas ações, a Emater está zerada. Agora é a hora da verdade, governador. Não tome o caminho do Jaime Lerner e do Beto Richa. Não faça chantagem com os servidores”, afirmou.