Notícias

  • Veneri diz que Intercept revelou o "conluio" para eliminar Lula da disputa presidencial

    A manipulação das investigações da Operação LavaJato, denunciada em série de reportagens do site Intercept Brasil, teve a intenção de mudar o curso das eleições presidenciais do ano passado, disse o deputado estadual Tadeu Veneri (PT), durante pronunciamento na sessão desta segunda-feira, 10, na Assembleia Legislativa. “ O que nós vimos foi um conluio”, disse Veneri.

    O site The Intercept divulgou trechos de mensagens atribuídas a procuradores da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e ao então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, extraídas do aplicativo Telegram, em que discutem a estratégia de acusação contra o ex-presidente Lula. De acordo com o Intercept, Sérgio Moro e os procuradores atuaram em conjunto, comprometendo a isenção das investigações.

    ""Foi um acordo tramado durante cinco anos. O único objetivo era mudar o curso das eleições. É criminoso o que aconteceu", disse Veneri. Para o deputado, as investigações estão comprometidos e revelam que os procuradores e o juiz se julgavam acima da lei.