Notícias

  • Prisão de ex-governador expõe o que seus aliados e apoiadores sempre negaram

    Prisão de ex-governador expõe o que seus aliados e apoiadores sempre negaram

    Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Tadeu Veneri (PT) disse que a prisão nesta terça-feira, em Curitiba, do ex-governador Beto Richa (PSDB), familiares e auxiliares mais próximos expõe à população aquilo que seus aliados nunca quiseram ver e sempre negaram. “Durante quase oito anos, tenho vindo a esta tribuna quase que diariamente denunciar situações irregulares, em que o governador estava envolvido direta ou indiretamente. O que ocorreu hoje não é para ficarmos alegres, mas preocupados com a demora das autoridades em investigar e trazer estas questões a público”, afirmou.

    Veneri destacou que, em dois mandatos, Carlos Alberto Richa deteve maioria folgada em plenário que garantiu vitória em várias votações contra os trabalhadores e à população. “Nós gostaríamos hoje de ouvir o que os aliados atuais e os ex-aliados têm a dizer a respeito destas prisões. Gostaria de ver a explicação dos apoiadores do governador”, provocou o deputado.

    Veneri lembrou que Beto Richa foi amparado e apoiado pela “bancada do camburão”, que votou contra os professores e servidores no projeto que retirou recursos da previdência e que resultou na repressão do dia 29 de abril de 2015. “Hoje, devem estar se perguntando por que e por quem entraram naquele camburão”, disse o deputado.