Notícias

  • Caem vetos à reposição salarial de 2,76% para servidores

    Caem vetos à reposição salarial de 2,76% para servidores

    O deputado Tadeu Veneri votou a favor da rejeição aos vetos da governadora Cida Borghetti (PP) aos projetos de reposição salarial de 2,76% para os servidores da Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública. Os vetos foram derrubados pela maioria dos deputados em plenário e a governadora tem quarenta oito horas para promulgar ou devolver os vetos à Assembleia Legislativa. Se ela não promulgar, cabe à presidência da Assembleia assinar as leis.

    “Não é aumento salarial real. É recomposição de perdas para os trabalhadores destes Poderes. Não é para juiz, desembargador, procurador, deputado”, disse Veneri.
    Os servidores do Executivo (professores, policiais, trabalhadores da saúde, segurança pública, entre outros) foram excluídos pela governadora dessa reposição. Ela retirou o projeto que recompunha os salários do Executivo em 1%, alegando que a correção estouraria o teto de gastos do governo. “Estes já estão há três anos sem reposição salarial. É um desrespeito a todos esses trabalhadores. Espero que a governadora corrija essa injustiça mandando outros projetos para cá”, disse Veneri.