Notícias

  • Veneri defende políticas públicas direcionadas a refugiados estrangeiros

    Veneri defende políticas públicas direcionadas a refugiados estrangeiros
    Foto: Isabella Lanave

    O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa, deputado Tadeu Veneri (PT), cobrou nesta segunda-feira, 21, a formulação de uma política pública estadual voltada à inserção social dos refugiados estrangeiros no Paraná. O questionamento de Veneri foi feito em plenário ao manifestar preocupação com os problemas enfrentados pela comunidade haitiana que, na semana passada, denunciou um caso de estupro coletivo contra uma mulher grávida na região metropolitana de Curitiba.

    “É uma tragédia que mostra a violência a que nós paranaenses estamos expostos. Mas que mostra também que os haitianos, sírios, bolivianos e outros grupos que aqui chegam não têm apoio oficial”, disse o deputado. Ele destacou que a principal ajuda aos refugiados é oferecida por organizações não governamentais, que mantém casas de apoio e outras ações de acolhimento aos imigrantes, enquanto o poder público tem se omitido diante desta responsabilidade.

    Para Veneri, é necessário retomar o debate sobre a adaptação dos refugiados em nosso Estado. “Nós precisamos de Políticas públicas voltadas à assistência e integração dos refugiados, que precisam ter acesso a direitos ao emprego, à saúde e a educação. “São pessoas que chegam ao nosso país, ao nosso estado, sem documentos, sem falar o idioma e que devem ser tratadas com um enfoque humanitário, com solidariedade”, disse.